Corpo são em mente sã !
2 de dezembro de 2020
Equilíbrio
2 de dezembro de 2020

Curar, segundo a Homeopatia

A homeopatia é uma terapêutica que utiliza substâncias de todos os reinos da
natureza, isto é, dos reinos vegetal, animal e mineral, aplicadas segundo o princípio
da semelhança. Hipócrates, o pai da medicina observou já no século V antes da
nossa era que uma substância que provoca sintomas em quem não os tem (ou seja,
numa pessoa sadia), cura um paciente que apresenta sintomas semelhantes.
Muitos séculos depois, a Hahnemann só faltava conhecer e experimentar o que as
substâncias provocavam nos indivíduos sadios, para poder utilizar a terapêutica com
base no princípio da semelhança. Com isso, ele criava uma “doença artificial”, que
seria comparada à “doença natural” do paciente.

Nesse banco de dados da experimentação, que chamamos de Matéria Médica
homeopática, por comparação, uma substância é escolhida para um paciente por ter
apresentado um quadro semelhante ao quadro da sua “doença natural”.
Passo seguinte : na clínica, Hahnemann percebeu que as substâncias poderiam ser
ministradas em doses mínimas e que, dessa forma se evitava a agravação inicial dos
sintomas (= soma da doença natural + doença artificial) e se facilitava a reação do
organismo de forma curativa (a toda ação – devida ao medicamento semelhante – o
organismo reage de forma contrária, portanto curativa).

O objetivo terapêutico de se utilizar a “semelhança” é provocar ou despertar uma
resposta do organismo, resposta esta que, sendo contrária à ação da substância,
será ao mesmo tempo contrária à doença natural do paciente.
As chamadas doses mínimas, ou infinitesimais, ou homeopáticas (genialidade
Hahnemann) mostraram-se suficientes para atingir o objetivo terapêutico – curar os
pacientes.

Maria Isabel de Almeida Prado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *