3 cérebros
9 de outubro de 2020
Causa final e causa motora
9 de outubro de 2020

Entre latidos e palavras

Os cães têm uma representação cerebral do sentido das palavras que ensinamos a
eles, mais além de uma simples resposta pavloviana, mostra um estudo recente.
A pesquisadora Ashley Prichard e seus colegas da universidade Emory se
debruçaram sobre os mecanismos cerebrais que os cães utilizam para diferenciar as
palavras. Quando o dono diz uma ou outra palavra, o que o cachorro “entende”
exatamente ? Será que ele se faz a imagem mental que corresponde à palavra que
ele ouviu ?

O fato é que muitos donos de cães pensam que seus animais sabem o que certas
palavras significam, mas isso não tem qualquer comprovação científica.
Além desse aspecto, temos a questão da linguagem propriamente dita. Saussure nos
ensina que :

Linguagem é a capacidade universal e inata que todo ser humano
tem, mesmo que seja mudo. É um sistema organizado no qual cada
elemento ocupa um lugar preciso. A linguagem humana é a única que
tem a chamada dupla articulação, a capacidade de associar sons a
um sentido.
Língua é a ferramenta que permite que nos comuniquemos. Ela se
aplica a um grupo de pessoas e é composta de um conjunto de
palavras e regras.
Palavra designa a utilização concreta da língua que cada pessoa faz.
Ou seja, o modo como cada um de nós utiliza a ferramenta.

Por isso, é discutível afirmar que um animal entende o que dizemos e responde. Com
aspas ou sem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Conteudo protegido!