(In)confidências

Olá, aqui nessas (In)confidências vou contar sempre algo divertido sobre nossos amigos pensadores, para desmistificar, mostrar que eles foram gente igualzinha a nós, com defeitos, contradições – e que isso não diminui a qualidade do que elaboraram e nos deixaram como herança.

Pois considero que o maior ensinamento é a verdade e não a hipocrisia. Por isso vou falar também do lado menos luminoso de figuras que entraram para a posteridade jogando para baixo do tapete o que não fica tão bem na biografia oficial.

Mas tudo isso sem julgar, pois gosto de pensar que somos todos como Prometeu e Epimeteu – dois lados da mesma moeda. Opostos complementares e indissociáveis um do outro.

Prometeu é aquele que saca tudo antes – esperto, ligado. Epimeteu é o que saca tudo depois – como o prólogo e o epílogo de uma história, o que vem antes e o que vem depois do miolo.

E o miolo é justamente a parte que os dois compartilham, ali onde se tocam, como a espessura de uma moeda.

Mas sem considerar que temos um lado sombra, como pretendem alguns, que “adaptaram” o mito e sua lição. Isso é uma simples metáfora, como o ascendente do signo, em astrologia, ou o pat hormonal, ou..........

O problema é que quando se fala em sombra se supõe a luz. E luz supõe verdade. Não me parece ser o caso, quando se fala de gente.


30 de janeiro de 2020

Lapões

Descartes (1596-1650) teria sido elegante na hora da morte. Reza a lenda que suas últimas palavras foram “É preciso partir” (Il faut partir). Mas também não […]
30 de janeiro de 2020

Os dentes dos cavalos

Francis Bacon (1561-1626), filósofo renascentista expoente do empirismo, zombava das discussões escolásticas contando a seguinte história : na Idade Média, um grupo de monges se reuniu […]
30 de janeiro de 2020

Símio

Charles Darwin (1809-1882) incomodou muita gente com a publicação de sua teoria sobre A teoria das espécies. Os criacionistas ficaram revoltados e as autoridades eclesiásticas declararam […]
30 de janeiro de 2020

Hierarquia celeste

Tomás de Aquino (1225-1274) era conhecido como “Doutor angélico”, por ser considerado insensível às tentações carnais e também por ter feito uma descrição detalhada da natureza […]
30 de janeiro de 2020

Teologia portátil

O barão de Holbach (1723-1789) defendia um materialismo estrito. Segundo ele, tudo na natureza humana pode ser explicado pela Física. Os homens, dizia ele, atuam sempre […]
30 de janeiro de 2020

Oração

Voltaire (1694-1778) e Rousseau (1712-1778) não se entendiam. Um não podia ver o outro nem pintado. Referindo-se ao desafeto, Voltaire afirmou o seguinte : – No […]
30 de janeiro de 2020

A roda

Jean-Jacques Rousseau (1712-1778) é autor do mais importante tratado de educação, o Emílio. Tão fantástico que Kant, sempre tão pontual, a ponto de a população da […]
30 de janeiro de 2020

Ressurreição dos canibais

Tomás de Aquino (1225-1274), expoente maior da escolástica, se preocupava com a questão da ressurreição, o que é difícil de adaptar ao pensamento de Aristóteles, cuja […]
30 de janeiro de 2020

O cigarro de Freud

Sigmund Freud (1856-1939) dizia ter plena consciência das limitações racionais do ser humano e chegou a afirmar : – A Razão é só uma luzinha, mas […]
30 de janeiro de 2020

Sobre as águas

Bertrand Russell (1872-1970), o filósofo, lógico e matemático que recebeu o Nobel de Literatura em 1950, declarava ser inimigo das superstições e fez de tudo para […]
30 de janeiro de 2020

Segredo

Claude Adrien Helvétius (1715-1771) defendia uma teoria radicalmente sensualista. Segundo ela, a qual todas as ideias têm origem em nossas sensações. No terreno da ética, afirmava […]
30 de janeiro de 2020

Continência socrática

Sócrates (séc. -V), gozava da amizade do belo Alcibíades – estadista, orador e general ateniense. A relação entre ambos sempre foi motivo de comentários maldosos, mas […]
30 de janeiro de 2020

A orelha do tirano

Zenão de Eleia (século -V) – o inventor do paradoxo da tartaruga – tinha conspirado para derrubar o tirano Nearco de Siracusa. Mas o complô fracassou […]
30 de janeiro de 2020

Tolerância

François-Marie Arouet, que adotou o nome de Voltaire (1694-1778), tinha grande respeito pela sociedade inglesa da época, pela política econômica liberal, instituições e MONARQUIA CONSTITUCIONAL. Mas […]
30 de janeiro de 2020

Pacto mortal

Gottfried Wilkelm von Leibniz (1646-1716) dizia acreditar na imortalidade da alma. Quando ele tinha cerca de 50 anos, correu o boato que tinha morrido. Pouco tempo […]
30 de janeiro de 2020

Moro decapitado

Tomas Moro (1478-1535) morreu decapitado por ordem do rei inglês Henrique VIII. Seu crime ? Ter se negado a reconhecer o poder espiritual do soberano. Antes […]
30 de janeiro de 2020

So very british

David Hume (1711-1776) era bastante apreciado pelos franceses, assim como outro conterrâneo seu, John Locke (1632-1704). Não só sua obra, mas também sua pessoa mereciam a […]
30 de janeiro de 2020

Resistência à bebida

Aristipo (séc. -V), em resposta a um amigo que se vangloriava de conseguir beber muito e não ficar bêbado, respondeu o seguinte : – Não te […]
30 de janeiro de 2020

Cabeça estropiada

Antístenes (séc. -V) dizia que a melhor educação consiste em aprender a desaprender todos os maus hábitos e pensamentos que a sociedade nos inculcou desde nosso […]
30 de janeiro de 2020

Posteridade

Voltaire (1694-1778), cujo nome verdadeiro era François-Marie Arouet, tinha um desafeto pertencente a uma família da nobreza, o cavaleiro de Rohan. O tal sujeito, um religioso […]
30 de janeiro de 2020

Que portas !

iógenes (séc. -V), em viagem, chegou a uma cidade bem pequena, mas com portas enormes. Não perdeu tempo e declarou, com o cinismo que o tornou […]
30 de janeiro de 2020

Extrema-unção

Jean le Rond D’Alembert (1717-1783), um dos responsáveis pela Enciclopédia, ao lado de Diderot (1713-1784) foi eleito para a Academia Francesa em 1754. Mas antes disso […]
30 de janeiro de 2020

Coice de asno

Sócrates (séc. -V) incomodava muita gente com seus ensinamentos e certa feita, levou um pontapé. Como não mostrou nenhuma reação, parecendo não se incomodar, um de […]
30 de janeiro de 2020

Nenúfares

O filósofo espanhol Miguel de Unamuno (1864-1936) passeava com um amigo, o poeta modernista Amado Nervo (1870-1919), quando este parou, ficou olhando maravilhado da margem do […]
30 de janeiro de 2020

Teodora, real senhora

Muito se fala de seu marido, pouco dela. E a exemplo de outras passagens da História e de certas personagens, o mais revelador não é o […]
30 de janeiro de 2020

Alimento da alma

Tertuliano (155-220), autor cristão, considerava que a alma é uma matéria, algo parecido com o ar, muito sutil. Ela estaria espalhada por todo nosso corpo. Etienne […]
30 de janeiro de 2020

Sonífero

Durante muitos anos, Immanuel Kant (1724-1804) subscreveu as teses da metafísica dogmática, até que, como ele mesmo disse, a leitura da obra de Hume (1711-1776) o […]
30 de janeiro de 2020

Reverências

Friedrich Melchior Grimm (1723-1807) foi um dos melhores amigos de Diderot (1713-1784), mas talvez ainda mais amigo dos poderosos, a quem adulava sempre que podia. Esse […]
30 de janeiro de 2020

Adonis

Jean-Paul Sartre (1905-1980) soube encarnar como ninguém a figura do intelectual engajado. Segundo ele, com exceção da linguagem poética, em que as palavras são um fim […]
30 de janeiro de 2020

Mundos possíveis

Arthur Schopenhauer (1788-1860), que o filósofo espanhol José Ortega y Gasset (1883-1955) descreveu como um “gigante feito de rugas e com ácido nas veias”, fez um […]
30 de janeiro de 2020

Prodigioso sapateiro

Jakob Böhme (1575-1624) foi o autor de uma obra teosófica centrada em torno da busca do Absoluto e sua dialética – o que lhe valeu, posteriormente, […]
30 de janeiro de 2020

Oferta e procura

Nicholas de Chamfort (1741–1794), poeta francês que se opunha à política terrorista de Robespierre, colecionava anedotas. Uma de suas preferidas ele utilizava com frequência, para ilustrar […]
30 de janeiro de 2020

Coisa de loucos

Jacques Lacan (1901-1981), que tentou aplicar as descobertas da linguística ao campo da psicanálise – é dele a famosa afirmação de que “o inconsciente é estruturado […]
30 de janeiro de 2020

Carneiros e crianças

Em uma viagem a Megara, Diógenes (séc. -V) observou que ali as pessoas tinham o costume de cobrir as ovelhas, assim a lã tiria o menor […]
error: Conteudo protegido!